domingo, março 26, 2006

Balada do triste comediante

A mania mais irritante que ele tinha não era contar anedotas a toda a hora, mas sim o facto de terminar todas elas a imitar com gestos largos a bateria bêbeda que normalmente acompanha os artistas cómicos decadentes.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home