segunda-feira, novembro 20, 2006

Post anacrónico

À boa maneira queirosiana, o vilipêndio não é uma afronta temível se for realizado com elegância. Acrescente-se que, a vilipendiar alguém, nada mais elegante do que referir o nome do visado com todas as letras, apelidos e pergaminhos. Mais do que uma questão de clareza, é sobretudo uma questão de etiqueta.

Na verdade já pouca coisa me maça na blogosfera, mas não tenho muita paciência para recadinhos elípticos. Sinceramente.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home