quinta-feira, março 30, 2006

Surrealism goes a long way

Ainda mais surreal, caro Francisco, foi o que se seguiu, com Nuno Melo a dizer que as espanholas é que deviam vir para cá ter os filhos, e Sócrates a aproveitar logo a deixa (como deixar escapar uma coisa destas?) para perguntar se o argumento "Tragam as espanholas!" já fazia parte do novo conceito pires-de-limiano de um CDS "sexy" (não nos vamos livrar disto tão cedo...).

Nuno Melo escondeu a cara algures entre as solas dos sapatos, Paulo Portas abafou o riso dentífrico e Pires de Lima corou como um menino de coro.

E eu desliguei a televisão a pensar por que raio insisto em ver os debates mensais na Assembleia.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home