segunda-feira, abril 10, 2006

La fin de l’empire (2)

Imaginando que alguém me conta uma piada à frente do meu pai com palavreado um pouco mais vernáculo, sei que ele ficará chocado, não tanto pelo facto de a piada ter sido contada à sua frente, mas pelo facto de eu a ter percebido na íntegra.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home