quinta-feira, maio 18, 2006

E a culpa é do mordomo

Não tenho prazer algum em preocupar-me por dá cá aquela palha, mas quando me dizem repetidamente que "vai tudo correr bem", não posso deixar de sentir que me estão a antecipar qualquer coisa que desconheço ainda. É como se já soubessem todos o fim do filme, quando eu ainda estou a tentar perceber quem são "os maus", "os bons" e "as boas".

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home