quinta-feira, agosto 17, 2006

Vamos ver as maminhas da Patrícia Tavares

Está escrito em letras gordas na capa de um jornal português. Nos quiosques, tabacarias, papelarias, escaparates, por todo o lado, deixando as rubicundas criaturas mais sensíveis a este tema algures entre a culpa e a baba. A frase é de Teresa Guilherme, que não se mostra muito interessada em dar uma opinião sobre o debate Con vs. Neo-Con, e obviamente nunca leu Ignác Acsády (eu também não). O que Teresa Guilherme quer mesmo é informar o caro telespectador de que em breve poderá ver todos os milímetros das maminhas (atenção ao diminutivo) da Patrícia Tavares, porque sabe que neste país andam todos à mama. Obrigada, Teresa.

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home